Portal da Cidade Cianorte

Abre

Comércio volta a funcionar na quarta-feira (8) em Cianorte

O funcionamento vai acontecer com algumas restrições principalmente no horário de atendimento até as 21h para restaurantes

Postado em 06/04/2020 às 18:02 |

Nesta segunda-feira (6), apesar de estar de portas fechadas movimentação de veículos já era grande em Cianorte (Foto: Portal da Cidade Cianorte)

Calçadas vazias mas com grande movimentos de carros nas ruas de Cianorte (Foto: Portal da Cidade Cianorte)

Com 13 casos confirmados para o novo coronavírus e sem registrar a circulação doméstica do vírus o comércio de Cianorte volta a funcionar a partir da próxima quarta-feira (8), com algumas restrições. 

O prefeito Claudemir Romero Bongiorno (Podemos),  fez o anúncio na tarde desta segunda-feira (6), como o Portal da Cidade Cianorte já havia previsto pela manhã, em vista de outras cidades da região que tomaram a mesma decisão. 

O momento ainda é de precauções onde aqueles serviços, chamados essenciais, e que já vinham abrindo sofrem alterações quanto a horário de funcionamento, como os mercados que estavam abrindo das 8h às 20h, a partir de quarta-feira esse atendimento vai até as 21h, e aqueles que quiserem poderam voltar a atender aos domingos.

Com isso o "Toque de recolher" passa das 21h para as 21h30, isso a partir do da quarta-feira (8), para que as pessoas evitem ficar nas ruas após esse horário. 

Lojas abertas com limite no atendimento, cada atendente com apenas um cliente, sem acumulo ou aglomeração, mantendo a devida distancia.

As acadêmias também poderão volta a funcionar, desde que cada equipamento seja devidamente higienizado após seu uso.

Restaurantes abertos até 21h, com as mesmas restrições, principalmente no serviço selv service, onde o atendimento deve ser feito por um funcionário. 

Fica mantido as recomendações do Ministério da Saúde, como: Utilização de mascaras, a higienização das mãos, e equipamentos. Para que o comércio continue aberto vai depender do empenho de cada um, evitando a evolução no número de casos do COVID-19 na cidade. 


Fonte:

Deixe seu comentário