Portal da Cidade Cianorte

confiança

Semana é marcada por novos investimentos e avanços na vacina russa

Empreendimentos da TatraBras, Boticário e Cooperativa Lar vão gerar três mil empregos no Estado.

Postado em 06/09/2020 às 11:15

Em saúde, além da vacina, também teve avanço em estrutura hospitalar, com a inauguração do Erastinho, em Curitiba, e início de obras de ampliação em Hospital da Providência de Apucarana. (Foto: Agência Estadual de Notícias)

A semana foi marcada por três grandes investimentos que vão gerar três mil empregos no Paraná nos próximos anos, indicando confiança dos empresários com a retomada da economia do Estado. O Porto de Paranaguá também bateu recordes de exportação em apenas oito meses de um ano. O volume de soja embarcado em 2020 já supera em 5,1% o total exportado no ano de 2019.

Segundo o governador Carlos Massa Ratinho Junior, o Estado começa a reverter uma situação difícil em parceria com o setor produtivo. “Estou muito confiante com o Paraná porque o nosso potencial é imenso. Estamos recuperando as perdas, crescendo em volume industrial e no comércio, retomando as atividades ligadas ao serviço”, afirmou. “A pandemia provocada pelo novo coronavírus desacelerou nosso crescimento, mas estamos investindo nos municípios, gerando empregos, ultrapassando esse momento difícil”.

A semana também foi marcada pelo anúncio de resultados preliminares positivos da vacina russa Sputnik V na revista científica The Lancet. O diagnóstico sugere que a vacina produz uma resposta das células T (de defesa) dentro de 28 dias. O Governo do Paraná submeterá o protocolo de validação da fase 3 de estudos clínicos no País à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) até o final de setembro.

O governador também cumpriu agendas importantes relacionadas à saúde. Foi inaugurado o Erastinho, em Curitiba, primeiro hospital oncopediátrico do Sul do País, depois de investimento de R$ 19 milhões do Governo do Estado. Em Apucarana, no Vale do Ivaí, um aporte de R$ 16,2 milhões vai ampliar o Hospital da Providência. Os recursos serão usados na modernização de uma área de 2.720 metros quadrados e também na construção do terceiro pavimento da unidade. O hospital terá uma nova maternidade, o setor de pediatria e 28 novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

NOVOS INVESTIMENTOS NO PARANÁ

TatraBras

A montadora de caminhões TatraBras, que pertence ao grupo CSG Aerospace, da República Tcheca, oficializou investimento de R$ 102 milhões até 2026 em uma planta em Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais. Serão gerados aproximadamente 300 empregos diretos no período de vigência do acordo, que prevê, ainda, preferência para contratação de mão de obra local e intercâmbio de dez estudantes brasileiros para participar de um programa de treinamento na matriz da Tatra, em Kopřivnice, na República Tcheca. A transferência de tecnologia, instalação da fábrica e início efetivo da produção estão previstos para fevereiro de 2021. A TatraBras vai produzir em Ponta Grossa veículos off-road para solos difíceis nas categorias 6x6 e 8x8, voltados para os setores de mineração, produção florestal e sucroalcooleiro.

Grupo Boticário

O Paraná voltará a ser base de operação do comércio eletrônico do Grupo Boticário no Brasil. Com apoio do Governo do Estado, a companhia vai investir R$ 83,5 milhões para implantar duas unidades de e-commerce, que vão operacionalizar o comércio de cosméticos em todo o território nacional, e também de um Centro de Distribuição para atender a região Sul. A previsão é que a implantação das novas unidades, em Curitiba e Campina Grande do Sul, na Região Metropolitana, crie entre 600 e 700 empregos diretos.

Lar Cooperativa Agroindustrial

O governador Ratinho Junior participou nesta semana da inauguração do novo frigorífico da Lar Cooperativa Agroindustrial em Rolândia, no Norte do Paraná. O complexo industrial terá um abatedouro de aves com capacidade de processamento diário de 175 mil frangos, uma fábrica de rações com capacidade de produzir 19 mil toneladas/mês e uma unidade de recepção e beneficiamento de grãos com capacidade de 16,8 mil toneladas. Neste frigorífico serão gerados 1.911 empregos diretos. Na operação de arrendamento, a Lar assumiu 300 aviários envolvendo 270 produtores distribuídos em 41 municípios do entorno de Rolândia. Com esse frigorífico, a cooperativa deve atingir a marca de 700 mil aves abatidas ao dia já a partir deste mês, com expectativa de alcançar 900 mil aves abatidas ao dia em 2023.

Saiba quais foram os outros destaques da semana (Aqui).


Fonte:

Deixe seu comentário