Portal da Cidade Cianorte

Gestão

Governo formaliza concessão do Parque Estadual de Vila Velha

Parceria com a iniciativa privada vai potencializar o local, cartão-postal do Paraná. A concessionária vai investir R$ 15 milhões em infraestrutura

Postado em 20/02/2020 às 06:08 |

(Foto: Agência Estadual de Notícias)

O governador Carlos Massa Ratinho Junior assinou nesta quarta-feira (19) o contrato de concessão de áreas do Parque Estadual Vila Velha, em Ponta Grossa, nos Campos Gerais, para a empresa Eco Parques do Brasil S/A. O grupo vai investir em serviços de apoio à visitação, turismo sustentável e recreação. O prazo de exploração é de trinta anos. A gestão ambiental segue de responsabilidade do Governo.

A licitação selecionou a proposta economicamente mais vantajosa ao Estado: o investimento na estrutura deve ser de mais de R$ 15 milhões e a empresa ofereceu repasse de 15,2% da receita bruta operacional aos cofres públicos em troca da exploração comercial. 

Ratinho Junior afirmou que a concessão possibilita apresentar uma joia dos paranaenses a turistas de todo o mundo. “Estamos colocando Vila Velha entre os destinos mais importantes do mundo. A iniciativa privada fará o investimento em infraestrutura, com a participação do Estado na gestão ambiental. Esse modelo faz de Ponta Grossa um modelo”, disse o governador. “É um passo gigante em prol do turismo, nos moldes da gestão das Cataratas do Iguaçu, que bate recordes de visitantes todos os anos”. 

Os investimentos em turismo, destacou o governador, atendem um anseio da sociedade paranaense. “Vila Velha precisava dar esse salto. Turismo é o deslocamento de Produto Interno Bruto para o nosso Estado. Estamos criando um ambiente mais organizado para os atrativos do Paraná”, acrescentou. 

Paralelo a essa concessão, disse Ratinho Junior, o Governo do Estado fará mais investimentos em infraestrutura. Como exemplo, ele citou a, Nova conexão aérea de Ponta Grossa com São Paulo e Foz do Iguaçu rota que conecta dois dos principais destinos turísticos do Estado.

(Foto: Agência Estadual de Notícias) 

Fonte:

Deixe seu comentário